A Deus toda Glória

A Deus toda Glória
Jesus, meu maior amor

Quem sou eu

Minha foto
Oi, meu nome é Najana, tenho 36 anos, sou mãe de quatro filhos. Sou formada em Psicologia, membro da Terceira Igreja Batista de Presidente Prudente - SP e seminarista. Sou mulher, mãe e amiga. Daqui há um tempo serei oficialmente missionária, se Deus quiser, e aí? ahh e aí...aí que vou rodar esse mundo levando a semente do Evangelho. Minha maior alegria é falar de Jesus e ajudar as pessoas. Amo gente, amo estar perto de gente, amo ser tocada, amo pessoas de todas as classes, gêneros, sem distinção. Sou de Cristo, vivo na contramão do sistema. Gosto muito de ler também, estudar, enfim, me considero uma cristà que pensa e atua no mundo em que vive. Espero que gostem do Blog e fiquem a vontade. Postem seus comentários pra que eu possa conhecer melhor vocês, por favor. Sejam muito bem vindos e contem comigo sempre. Deus abençoe cada vida que passar por aqui. Espero que possa fazer muitas amizades também. Um beijo grande em cada coração!

Boa Novas

Estudo Bíblico

Estudo Bíblico
Se você quer conhecer Jesus na sua casa, entre em contato comigo. Eu, juntamente com um grupo de pessoas da minha igreja, iremos até você para estudarmos a Bíblia juntos, orarmos e te ajudar, caso esteja passando por problemas. Isso não te custará nada. Sempre será um prazer levar a mensagem de Cristo!
Meu email: napioch@bol.com.br
Meu celular: (18) 81329613

Vigiar e Orar

Tudo Sobre Missões

Arquivos do Blog

Receba por Email

O Ide de Jesus

Amados, eu não poderia deixar de compartilhar com vocês sobre missões.

Jesus, após subir ao céu, deixou Sua Igreja, incumbida, de dar continuidade ao Seu ministério.

A palavra Igreja vem do grego e significa "chamados para fora". Portanto, se você acha que, a igreja é seu ponto de chegada, gostaria de informar que é seu ponto de partida e que Jesus nos orienta a irmos por todo o mundo e pregarmos o evangelho a toda criatura.

Deixo aqui dois sites sérios e interessantes para que vc saiba mais sobre missões.

Orem a Deus e optem por orar e/ou contribuir e/ou ir à campo.

Que Deus abençoe vocês grandemente!!

http://www.jmm.org.br/

http://www.jmn.org.br/

Clique e Confira!

Meu Emagrecimento

Cliquem aqui para ver

E sigam!!!rs

Beijos, fiquem com Deus



Fale comigo!

Minha filha

Loading...

Minha Igreja Amada!

Terceira Igreja Batista
de Presidente Prudente

Pastor: Ciro Dutra

Rua Antônio Mungo, 594.
Jd. São Domingos.


Horário dos Cultos:
Domingo - 09h00 - EBD
Domingo - 19h30 - Culto
Quinta-feira - 20h00 - Culto e Oração

Façam uma visita e se
tiverem pedidos de oração,
me escrevam!



Estarei sempre aqui,
conte comigo!
Beijinhos
.

Tecnologia do Blogger.

Aproveite o seu dia!

Procure Ajuda!

Procure Ajuda!

Seguidores

Passando aqui

30 de novembro de 2011






29 de novembro de 2011

Em Natal, Rio Grande do Norte, com Carol na casa da minha família.
Flores, por esses dias não estou postando muito porque estou em "fase de adaptação"kkkkkkk.
Descansando um pouquinho com Carolzinha.
Um beijo grande pra todas, fiquem com Deus!!


Música da Ana Paula Valadão que escolhi pra Carolzinha:
" Nunca imaginei poder amar assim, querer alguém tão bem, mais do que quero a mim. Minha  filha vc tem o amor da mamãe pra sempre. Cuidar de vc é minha alegria, sentir o teu cheiro, te tocar. Pegar sua mão e caminhar na vida, ouvir sua voz me chamar.
Pode precisar de mim, minha filha te amo, não importa a hora nem o lugar, quero estar ali pra te ajudar. Um sorriso, um olhar, vai valer a pena. Nenhum sacrifício é tão grande quando mamãe ama.






18 de novembro de 2011
Oiiii, li o texto abaixo agora pouco no blog do Juliano Fabrício e resolvi compartilhar com vcs. Pensa em um texto que veio direto penetrando em minha alma. Uma benção
A igreja local deve ser a expressão divina do compromisso radical com a mudança.
Deus está preocupado em mudar a História ou, talvez fazer a História. Seu objetivo final para a igreja não é o de seguir a mudança cultural, como um esquiador aquático atrás de uma lancha, mas o de ser uma comunidade dinâmica e catalisadora que promove a mudança em um mundo que necessita desesperadamente do Deus da mudança. (O que é o reino? Justiça, paz e alegria!)

Não podemos jamais esquecer que servimos ao Deus imutável da mudança. Ele não está satisfeito com o status quo. Ele não está tentando se adaptar a cultura. Sua maior ambição não é de que a igreja se torne uma grande imitadora das tendências gerais. Ele é o Deus da criatividade, o Deus da imaginação e o Deus que escolheu – por intermédio de seu filho – dar início a uma revolução. As implicações que começam no nível pessoal, sempre se estendem à todo povo de Deus.

Paulo resumiu isso da seguinte maneira: “O justo viverá pela fé” (Rm 1.17b). poderíamos re-traduzir esta passagem bíblica facilmente deste modo: “O justo segue em frente em meio às mudanças imprevistas”. O exemplo clássico dessa realidade nas Escrituras é quando Deus manda Abraão deixar tudo quanto ele conhecia para segui-lo em sua promessa de um futuro melhor. Ele estava recebendo a orientação para sair da terra com sua família e arriscar tudo pelo privilégio de fazer parte do plano definitivo de Deus na História.

Abraão foi convocado para uma vida de mudança radical. O mesmo pode ser dito de todas as pessoas que consideramos pilares de nossa fé. Desde Moisés, até Davi, de Elias a Jeremias, um dos requisitos fundamentais para seguir Deus é o de deixar a segurança e a previsibilidade para ser um discípulo dentro de um mundo onde apenas o Senhor é imutável.

Bjs, fiquem com Deus!!
14 de novembro de 2011
Queridos, o vídeo acima é da Família Soul. A música chama-se "Um servo".
Ai, hoje eu tô com uma vontade de ficar aqui..rsrs
Enquanto fico aqui, fico lendo a Palavra e buscando mais de Deus e esses dias quero colo do Senhor..rs
Quero ficar bem pertinho Dele, me sentir protegida por Deus, porque somente Nele encontro a verdadeira segurança e paz.
Tô ouvindo Fernandinho "Nada além do sangue"


Não precisamos de mais nada, meus queridos, para sermos resgatados das garras do pecado, além do sangue de Jesus Cristo.
Segundo a Bíblia, Jesus é o único caminho, a verdade e a vida e, quem não crer Nele, já está condenado. E crer em Jesus implica em ouvir Sua voz e obedecê-Lo
Quero esvaziar-me de mim e viver totalmente para Cristo!!
Nunca tive tanta convicção assim de que Jesus é vivo, de que Ele existe e de que quero serví-Lo, ainda que muito imperfeita, chata, sistemática, rsrs, mas peço a Deus que me transforme pois, a cada dia mais, não quero mais ser quem sou, a cada dia mais, quero outros valores e princípios para me nortearem. A cada dia mais, graças a Deus, quero ser diferente para ser segundo o coração do Senhor.

Olha que linda esta outra letra do Fernandinho:

Música: Uma nova história


Sai de tua tenda
Oh filho meu, te mostrarei as estrelas do céu
Sai de tua tenda
Oh filho meu, te mostrarei a areia do mar
Será que podes contar?
Será que podes imaginar?
Tudo aquilo que sonhei para ti, filho meu?
O que minhas mãos fizeram para ti, filho meu?
Minha benção será sobre ti
Uma nova história Deus tem pra mim
Um novo tempo Deus tem pra mim
Tudo aquilo que perdido foi
Ouvirei de sua boca, te abençoarei.

----------------------

Música: Meu alvo é Cristo

Estou subindo pra um lugar mais alto
Eu já queimei as pontes com o passado
E em meus olhos vejo o futuro
Tudo novo se fez, tudo novo se faz
E dessa estrada eu não me desvio nunca maisEstou firme, eu não me desvio nunca mais
Vou avançar, eu vou crescer
Ninguém vai me deter
Meu alvo é Cristo, meu alvo é Cristo
Estou subindo pra um lugar mais alto
Eu já desisti de andar sozinho
Cristo vive em mim
E os meus pés estão no caminho, estão no caminho
E dessa estrada eu não me desvio nunca mais...
Estou firme eu não me desvio nunca mais .
Vou avançar, eu vou crescer
Ninguém vai me deter
Meu alvo é Cristo, meu alvo é Cristo

Aff, nem tem como eu colocar todas. Louvo a Deus pelas músicas dele. Amo muito!!!
Acho que já tá bem divulgado em noso meio que devemos tomar cuidado com muitos louvores que existem por aí né? Muitos, mas muitos mesmo são heréticos. Pensemos queridos, no que estamos cantando tá?
Bjs a todos,
A paz do Senhor
Bom dia amados!
Humm que chuvinha boa tá caindo aqui...
Na Escola Bíblica Dominical estamos estudando os profetas menores. Menores porque seus livros são menores que os dos profetas como Isaías e Jeremias, por exemplo. Estamos na terceira aula falando do livro de Miquéias.
Eu vou dar um resumão pra vcs deste estudo apenas pra tornar melhor  a compreenssão do capítulo 7, pois é nele que eu quero me ater.
Judá estava em meio há uma série de iniquidades. O povo, se tornara insensível ao pecado e, cometiam fraudes, eram desonestos, violentos (ler capítulo 6 de Miquéias), se esqueceram de que deviam temer a Deus. Deus então, por ser justo, permitiu que a Assíria crescesse em poder e dominasse Judá. Daria-se assim, deste modo, o castigo de Deus ao povo de Judá para que eles pudessem se despertar dos seus pecados e arrependerem-se. Como disse a Dani, minha professora, qualquer semelhança conosco é mera coincidência..rsrs.
Como temos uma tendência a nos afastarmos de Deus.
Aff, como fazemos isso com facilidade.
E então, vem a correção de Deus para nos levar ao arrependimento.
Olha só a Palavra de Deus para Judá: ""Assim também te enfraquecerei, ferindo-te e assolando-te, por causa dos teus pecados. Tu comerás mas não te fartarás e a tua humilhação estará no meio de ti"(Miquéias 6: 13-14).
Este pedacinho é apenas para ilustrar à vocês o que Deus pode fazer com aqueles que  deixam de temer ao Senhor e se desviam para práticas pecaminosas deliberadamente.
Um ponto interessante, é que eles pecavam e ofereciam o sacrifício por seus pecados, como era  costume na época, porém, sobre isso, Deus disse "Agradar-se-á o Senhor de milhares de carneiros? (...) Ó homem o que é bom, e que é o que o Senhor pede de ti, senão que pratiques a justiça, e ames a beneficência, e andes humildemente com o teu Deus" (Miquéias, 6:7-8).
Portanto queridos, mais que sacrifícios, Deus quer o nosso coração!!!
Crente nominal acho que é uma das piores coisas que já vi.
É horrível...
Deus é justo e, não pense que aqueles que vivem uma vida regalada na prática da impiedade, ficarão impunes. Não ficarão.
No entanto, após este texto que exorta, vem a parte boa: quando estamos com Deus vamos sofrer sim, vamos ficar doentes sim, vamos passar por humilhações sim, porque Deus permitirá estas situações para nos corrigir, nos alertar ou cumprir algum propósito, além do que, no mundo teremos aflições, disse Jesus. Nào vai adiantar ninguém determinar nada na sua vida, porque o que tiver que acontecer com vc vai acontecer, queira você ou não. Mas Deus também é misericordioso e bom.
O TEMPO TODO DEUS É BOM!!!!
Tenho tentado entender isso quando passo por tristezas ou dificuldades. Penso comigo "Acalme-se, vc está nas mãos de Deus. Vc não está entendendo nada, tá doendo, mas Deus é bom, creia nisso".
Então queridos, quando o povo de Judá estava sendo assolado por causa dos seus pecados, voltou a buscar a Deus e a confiança renasceu, louvado seja Deus. E o povo bradou "Ó inimiga minha(Assíria), não te alegres a meu respeito, ainda que eu tenha caído, levantar- me-ei; se morar nas trevas, o Senhor será minha luz. Sofrerei a ira do Senhor, porque pequei contra Ele, até que julgue a minha causa e execute o meu direito; Ele me trará à luz, e eu verei a Sua justiça. E a minha inimiga verá isso e cobri-la-á a confusão, a ela que me diz: "Onde está o Senhor teu Deus? Os meus olhos a verão sendo pisada como a lama das ruas". (Miquéias: 7:8-10).
Eu gostaria de pedir que vcs lessem o capítulo inteiro, se pudessem, mas, neste momento, quero ressaltar  como é bom servir a Deus. Ele nos corrigirá porque quer que andemos por caminhos aplanados e os Seus pensamentos para nós são pensamentos de paz, mas como, muitas vezes somos tolos, achamos que podemos dar uma desgarradinha do rebanho que não vai ter problema, só que Deus vê lá na frente e, por isso, nos corrige para nos trazer de volta.
Só que, quem nunca ouviu, em meio a uma aflição, alguém nos dizer "nossaaaaaa, mas vc não é de Deus?".
Num tom que às vezes beira a zombaria.
Em meio a nossa aflição, muitos se alegram e pensam no seu íntimo "quero ver agora, como ela (ele) vai sair dessa". Mas Deus, nosso Pai Santo é maravilhoso, nos lembra que, podemos confiar Nele porque, nossos inimigos, não se alegrarão de nós para sempre. Antes, Deus nos levantará e nos religará, colocará em nós, curativos nas feridas oriundas do pecado, nos limpará, removerá toda impureza e tudo aquilo que O desagrada para o louvor da Sua Glória.
Que tenhamos a humildade necessária para nos submetermos aos propósitos de Deus pra nós e, esperarmos Nele porque, não seremos humilhados para sempre. Deus se apiedará de nós e na nossa fraqueza nos aperfeiçoará.
Há esperança pra você!!!
Ainda que esteja num charco de lodo, na sargeta, há esperança pra quem espera em Deus. Ele não nos açoitará para sempre. Peçamos a Deus discernimento para entendermos a Sua vontade para nossas vidas, para que possamos entender onde estamos errando, nos arrependermos e nos corrigirmos (Isso é o principal: voltar para o alvo).
Abaixo eu coloquei uma imagem que eu tirei do blog Guarda Senhor
Gostei muito desse blog
Uma boa semana à todos
Fiquem com Deus
Bjs no coração!!

12 de novembro de 2011
Bom dia queridos!!
Eu já queria começar o post pedindo 1000 perdões para todas que me escreveram e não receberam resposta. Eu configurei os comentários para cairem no meu email e respondi por lá mesmo, mas desconfiei que algumas não estavam recebendo minhas respostas, por isso vou responder novamente agora pelo blog de cada uma tá?
Tatiiii....vou escrever pra vc tb viu?
Acho que vc não recebeu meus emails..rs
Bom, vou compartilhar com vcs novamente minha devocional.
Por falar nisso, eu gostaria de fazer uma pergunta: vc faz devocional diariamente?
Separa as primícias do seu dia para entregar ao Senhor?
A experiência de oração e estudo diário da Palavra tem sido uma benção em minha vida. Não consigo imaginar um cristão genuíno sem esta prática.
Intimidade com Jesus e disposição para renunciar a tudo que for contrário à Palavra. Decisão racional. Para mim, essa é a chave.
Não dá para ter vida com Cristo se não esivermos dispostos a Lhe entregar tudo, a Lhe obedecer em tudo, mesmo que isto nos custe caro  e nos faça sofrer.
Quem perder sua vida por amor de mim, disse Jesus, a achará!!!
Tenho meditado no Livro de Filipenses. Peço muito a Deus que me ensine a ler Sua Santa Palavra porque não quero apenas um entendimento histórico e racional, mas desejo ser guiada pelo Espírito Santo de Deus e dessedentar minha sede através do rio de águas vivas que é Jesus. Então, aprendi que, para isso, não podemos ter pressa. Devemos ficar o tempo que for necessário em um versículo, esmiuçando, meditando, até que Ele nos faça algum sentido.
Sendo assim, lendo Filipenses me deparei já no primeiro capítulo com a questão do amor que cresce em conhecimento. Ainda não compreendi direito como se dá isso, mas, ao que me parece, é que devemos buscar nosso crescimento espiritual a cada dia. Experiência com Deus.
Vou colocar aqui um texto sobre isso que achei muito interessante. Espero que gostem. Ele foi retirado do site http://www.upanemaparacristo.com/

Texto:


O conhecimento bíblico é essencial na vida do espiritual do crente, ele serve como um guia para o cristão "Lâmpada para os meus pés é a tua palavra e luz, para o meu caminho.” (Sl 119.105). O conhecimento pode livrar-nos da destruição "O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento” (Os 4.6a), além disso, produz em nós o temor de Deus "escondi a tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti.” (Sl 119.11). Por último o conhecimento bíblico faz-nos aprovar as coisas excelentes, ou seja, faz-nos selecionar o que realmente é valioso em nossa vida

"E peço isto: que a vossa caridade (amor) aumente mais e mais em ciência e todo conhecimento. Para que aproveis as coisas excelentes " (Fp 1.9,10a).


A palavra de Deus nos mostra que existe coisa mais valiosa do que os rubins "Porque melhor é a sabedoria do que os rubins; e de tudo o que se deseja nada se pode comparar com ela” (Pv 9.11). O apóstolo Paulo conhecia perfeitamente "as coisas excelentes" tanto que considerava os seus títulos terrenos inúteis, ele era fariseu, da tribo de benjamim, hebreu de hebreus, segundo a lei irrepreensível, porém ele declarou "E, na verdade, tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas e as considero como esterco, para que possa ganhar a cristo” (Fp 3.8). A excelência do conhecimento de cristo faz-nos ver que aquilo que aparenta ser precioso, na verdade é fútil e vão, não é por acaso que até mesmo crentes em cristo são frustrados por terem empregado todo o seu esforço e tempo em algo que lhe parecia valioso, mas depois se mostrou como algo efêmero e passageiro, faltou-lhes o conhecimento bíblico necessário para compreender que "A benção do senhor é que enriquece, e ele não acrescenta dores.” (Pv 10.22).
Isaque era um homem totalmente cheio do conhecimento do senhor, tanto que na contenda entre os seus pastores e os pastores de Gerar preferiu perder os poços que seu pai tinha cavado do que alimentar a disputa, pois sabia que mais excelente do que aumentar as riquezas é a pacificação, depois desse episódio, o senhor renovou-lhe suas promessas e ele foi abençoado (Gn 26.17-25). Esaú é um exemplo negativo do que acaba de ser dito, ele era totalmente materialista e superficial, trocou a sua primogenitura, por um prato de lentilhas. Trocou algo que lhe traria bênçãos permanentes, por algo supérfluo e que cessaria instantaneamente. Será que não estamos incorrendo nesse mesmo erro? Trocando as bênçãos celestiais, por piratarias terrestres?
Quando amamos a palavra do senhor nossa visão de mundo muda completamente, enxergamos muito mais além para discernir o inútil do útil, o que é passageiro do que é durável o que é fútil do que é excelente.
  Um final de semana abençoado a todos!!!
Fiquem com Deus!!!
Bjs
9 de novembro de 2011




Oiiiii,
Boa noite !!!
Dias atrás, postei pra vcs o começo desta caixa. Agora eu estou postando a caixa finalizada. Na verdade, ainda vou dar mais uma decoradinha básica nela pra esconder alguns pregos que ficaram visíveis.
Ai, mas eu amei.
Esta é pra guardar os brinquedos da minha filha caçula.
Mas vou fazer mais e pendurar.
Fazer estante...
Acho que vai ficar uma graça.
Abaixo da caixa, segue a capa que eu fiz pra minha Bíblia.
Amei..rs
Bjs, uma boa noite de sono a todos,
Fiquem com Deus!!




5 de novembro de 2011
Oiiii
Bom Dia!!!
Eu tô lendo Filipenses na minha devocional.
Fazendo um link (risos) com Filipenses capítulo 2 e 3, vou colocar pra vcs Provérbios.
Que possamos meditar nesse versículo
“O que ama a contenda ama o pecado; o que faz alta a sua porta facilita-lhe a queda” (Pv 17:19). “A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito, a queda” (Pv 16:18).

Estes versículos tem falado tanto ao meu coração. Como temos a tendência a nos exaltarmos né? Estou orando nesse sentido. Se não fosse o poder transformador de Jesus, o que seria de nós? E se não fosse Deus tb muítíssimo rico em misericórdia, o que seria de nós?
Que possamos nos espelhar em Jesus, sermos servos como Ele foi.
Um lindo final de semana a todos.
Fiquem com Deus!!!


1 de novembro de 2011
Acho que dá pra fechar a conta por hoje com este post..

Afinal de contas, o que seria ao certo Mamon?

Pesquisando na net, achei esse texto de Rui Santiago


O contexto era certamente de uma enorme intimidade de Jesus com os seus discípulos … O evangelista Mateus dá tanta importância a estes segredos do Coração do Mestre que encaixa a narração dentro do Sermão da Montanha, o grande “discurso” de Jesus aos seus que abre com as Bem Aventuranças...
E Jesus falava assim... “Ninguém pode servir a dois senhores, porque ou há-de odiar um e amar o outro, ou vai dedicar-se a um e desprezar o outro… Não podeis servir a Deus e a Mamon!”
Traduz-se, normalmente, com muita rapidez “Mamon” por dinheiro, mas o sentido é mais largo. O evangelista, escrevendo em grego, usou esta palavra, que é aramaica, por causa da largueza que permite. “Mamon” significa riqueza, sim, dinheiro, mas não simplesmente como uma “coisa” que se tem ou não se tem. É, sobretudo, o nome de uma “lógica” uma maneira de viver e desejar.
Está associado à idolatria, como se fosse o nome de uma “divindade”. Mamon significa tudo àquilo que gera em nós o desejo de possuir, dominar, controlar… Por isso, possui-nos, domina-nos, controla-nos. Percebes bem, não percebes?
É muito mais do que essa “coisa” chamada dinheiro… É essa “lógica” chamada dinheiro e a maneira servil como nos domina. Essa lógica quem tem a ver com o mais fundo dos nossos desejos, do que procuramos primeiro e sonhamos, com os nossos impulsos egoístas, com as nossas fomes de poder sobre os outros e domínio das situações, às vezes a todo o custo e pagando qualquer preço
Mamon é o nome de todo o servilismo, o ídolo que se comporta como “Senhor do Mundo e nosso Dono” e, para nos dominar, gera em nós o desejo de dominar os outros; para nos possuir, gera em nós a necessidade insubstituível de possuir cada vez mais; para nos enfraquecer gera em nós o medo permanente de perdermos a sua companhia e a inquietação cada vez maior pelo dia de amanhã…
Mamon, dinheiro… Não apenas essa “coisa” chamada dinheiro, mas essa “lógica” chamada dinheiro…
Encanta-me estar com Jesus neste contexto de intimidade e dar-me conta que ele fala de Deus como contrário disto! “… Deus OU Mamon…” Fala de Deus como a antítese disto, o contrário de todas as idolatrias que geram servidão!
Esta força das palavras de Jesus “Não podeis servir a dois senhores… a Deus e a Mamon…” não são um peso! Não são nenhum ditame divino que lhe sai da boca como uma opção pesada que é suposto tomar… São a proclamação de um Deus LIVRE e fonte de LIBERDADE para aqueles que querem fazer a experiência de lhe pertencer.
Não gera em nós o impulso de possuir, dominar ou controlar tudo e todos. Por isso, Ele mesmo não nos possui, domina ou controla dessa maneira! Faz-nos experimentar a possibilidade de sermos Livres, de vivermos DE PÉ, curados de todas as opressões e pesos que nos encurvam, Re-Suscitados das experiências de morte que nos marcam a história, perdoados do nosso pecado e libertos da culpabilidade que às vezes arrastamos anos a fio atrás de nós como uma maldição solitária ou um “monstro interior” que nunca conseguimos domesticar em condições…
Jesus fala de Deus contrário a Mamon. Encanta-me! Quer-nos Livres, Livres, até diante de Si mesmo! Porque o Seu Amor é verdadeiro, gera Filhos, não escravos. Porque o Seu Amor é verdadeiro, gera Irmãos, não rivais.
Mamon sabe que é preciso dividir para reinar… Por isso activa no íntimo de cada um os medos, as inseguranças e os desejos do Homem Velho que dão força ao nosso egoísmo. Assim, cada um fechado em si, nos seus e nas suas coisas, está o mundo humano suficientemente dividido, retalhado, para que Mamon seja Senhor, Deus e Dono.
Jesus fala-nos do Reino de Deus e da sua Justiça, a sua lógica, a sua força, aquela da Justiça que justifica as pessoas, as ajusta a este projeto, em vez de ser a justiça que julga todos e ajuíza tudo… Deus, fonte de Comunhão!
E, entretanto, neste contexto de profunda intimidade em que Jesus está a falar isto com os seus, vai deixando solto o Coração para dizer o que as palavras não encaixam... um Deus assim, delicioso, oposto a Mamon e às suas manhas, um Deus verdadeiro, digno de Fé e Confiança…
“…olhai os lírios do campo, que não trabalham nem fiam, e nenhum rei se vestiu com tal beleza… olhai as aves do céu, que não semeiam, nem ceifam, nem ajuntam em celeiros, e o Abba não as deixa morrer… Não andeis sempre inquietos a perguntar o que havemos de comer, o que havemos de beber, o que havemos de vestir… Os pagãos é que se preocupam com todas essas coisas… o Abba bem sabe que precisais de tudo isso… procurai primeiro o Reino de Deus e a sua Justiça, e tudo o mais vos será dado por acréscimo… Não andeis angustiados com o dia de amanhã…”
E não sei o que dirão todos quantos, quando se fala de Deus ou da Vida neste tom, levantam logo as suas bandeiras de gente “esclarecida e iluminada” a acusar de poesia barroca e lirismo… esses que querem sempre que se fale de tudo como se estivéssemos a ler um manual de instruções, mesmo no que toca a viver e acreditar... O que dirão de Jesus? Dele talvez não digam nada, eheheh… “É o Jesus… ai ai… não se pode…” Pois, pois…
Mas, se calhar, há dimensões essenciais da Vida e da Fé que só se podem dizer assim, não é? Estas coisas que Jesus diz não se gritam no meio da praça pública de Cafarnaum ou na confusão do átrio do Templo em Jerusalém. Estas coisas dizem-se e saboreiam-se assim, em intimidade, num contexto de discípulos… E só assim mesmo se podem dizer, como quem toca no Coração da existência e se agarra ao simples e ao belo para tentar testemunhá-lo…
A mim fascina-me que Deus me queira Livre e faz-me exultar muito profundamente olhar para Jesus e vê-lo, ouvi-lo, tocar-lhe assim! Amo-o com o mais íntimo de mim e encanta-me conhece-lo assim, o Jesus de Nazaré, Re-Suscitado para nós...
 Bjs a todos e bom feriado,
Fiquem com Deus!!

Amados, este texto abençoado eu tirei deste site atendanarocha

Ameiiiii!!!
Espero que gostem tb


Manter-se tranqüilo diante das adversidades é um desafio para todos os homens. Lembro-me das tantas vezes em que estive ansiosa, preocupada, com situações que se resolveram posteriormente na mais perfeita paz. Sofri a toa. Poderia ter escolhido confiar e permanecer em repouso, como um belo pardal saltitando no telhado, entoando um cântico de louvor ao céu. Jesus disse que nenhum desses pequeninos pássaros está distante de seus olhos. Ele tem a conta de cada um. Por que não teria de mim?
Foi quando me preparava para ministrar uma aula sobre o capitulo seis de Mateus (cuidados e inquietações) que recebi de Deus a instrução: “Ansiedade é pecado”. Que descoberta! Não tinha esse item em minha lista de pecados. Mas foi só observar atentamente os versículos para constatar que eu era uma pecadora em potencial, precisava imediatamente me corrigir. Pequenas coisas costumavam tirar meu sossego. Se eu queria tanto agradar a Deus e ser ouvida de forma eficaz em minha caminhada com Cristo, algo tinha que ser feito.
 “Ninguém pode servir a dois senhores, porque ou há de odiar um e amar o outro ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom. Por isso, vos digo: Não andeis cuidadosos quanto a vossa vida...” Mt 6:24, 25.
Mamon é um sinônimo de “deus do dinheiro”, também indica um sistema de materialismo. Esse verso é bem conhecido e citado individualmente para designar idolatria. Mas ao prosseguir na leitura, Jesus complementa: “Por isso, não andeis cuidadosos”. Ou seja: “Por este motivo, por esta causa, não andeis cuidadosos quanto a vossa vida”. A ansiedade é uma conseqüência do abandono de Deus. Ela acontece quando supervalorizamos o material em detrimento do espiritual.
A tradução para “andeis cuidadosos” é “merimnao” de “merizo”, que quer dizer “dividir em partes”. A palavra sugere uma distração, uma preocupação. Ao ficar ansioso, eu divido minha mente, minha força, minha adoração com outros que não Deus Único e Verdadeiro. Ao dividir a mente, entrego a vida na mão de “outros senhores”. Uma desobediência, um agravo ao senhorio de Cristo. Porque, se Ele reina em mim, devo ser absolutamente Dele. Se Ele me satisfaz, não há necessidade de estar insatisfeita. Se Ele é tudo para mim, por que vivo como se me faltasse paz?
Alguém diria: Impossível não ficar ansioso! Também já pensei e agi dessa forma, carregando um pesado fardo de coisas que julgava serem pedras, quando não passavam de penas. Mas também, já carreguei pedras que não caberiam em um fardo. Seria necessário um guindaste para removê-las. Graças a Deus e por sua eterna misericórdia, aprendi que não preciso agir como se estivesse sozinha no mundo. Jesus é o que nos dá descanso, e fortalece. Nele é possível encontrar calmaria em meio à tempestade.
É só olhar para Cristo. Em Seu ministério terreno, teve todos os motivos do mundo para estar ansioso e não esteve: Perseguido, caluniado, com a missão de resgatar a humanidade, tendo conhecimento de sua morte e ainda assim, nunca, jamais perdeu a fé e a tranqüilidade. Retirava-se para os montes em longas horas de oração. Poucas horas antes de ser capturado pelo exército romano, Jesus retira-se para o jardim Getsêmani na companhia de seus discípulos e diz para eles: “Assentai-vos aqui, enquanto vou além orar” Mt 26:36.
Ele nos dá a mais preciosa receita contra a ansiedade: “Vou orar”. Na oração, Jesus encontrou refúgio e força para os dias de angustia Ele passava horas em conversa com o Pai. Nada, absolutamente nada, foi capaz de fazer com que Jesus ficasse ansioso. Bem, é verdade que Ele ficou um pouco furioso com uns mercadores no templo e derrubou mercadorias com uma espécie de cordão. Mas isso não constitui ansiedade. Porque esse sentimento maquina a respeito de "impossibilidades" ou de abundantes possibilidades. A atitude de Jesus tem a ver com justiça, pleno domínio de si. Certeza da vontade de Deus. Um servo inteiramente sob o domínio do Senhor.
E por ter vencido todas as imposições do materialismo é que Jesus se oferece como solução para ajudar aqueles que não conseguem se livrar dos fardos, da ansiedade. Ele venceu, até mesmo a morte. O mais angustiante sentimento existente no Universo. Dor para quem vai e para quem fica. Ele venceu e ressurgiu para glória do Deus Pai, e abrigo para os perdidos. Ele mesmo é quem diz: "Vinde a mim todos os que estais cansados e oprimidos e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração e encontrareis descanso para as vossas almas" Mt 11:28,29.
Não precisamos estar ansiosos. Esse mal tem remédio. Não é um paliativo apenas, é um bálsamo diário para todas as situações. Entremos no jardim do Getsêmani. Oremos sem reservas. Confiando toda nossa mente a Deus. Sem dividir com nada, nem ninguém. Lembram-se do que Jesus falou a Marta? "Marta, Marta, estás ansiosa e afadigada com muitas coisas mas uma só é necessária. Precisas imitar Maria, que escolheu a boa parte" Lc 10:41,42. Enquanto a mente e a presença de Marta se dividia entre a sala, cozinha e outras partes da casa, Maria repousava aos pés de Jesus. Marta correndo afadigada e Maria ouvindo o Mestre, confessando seus medos, aprendendo, sendo edificada, recebendo refrigério.
Marta ansiosa, ainda perguntou; "mestre, não te importas comigo"? A ansiedade sempre procura um culpado. Ela se move na direção dos problemas, não das soluções. O ansioso considera que pensar demais no problema lhe trará a solução. Mas não. Isso só faz com que moinhos de vento se transformem em monstros. Você conhece essa lição contida na obra de Miguel de Cervantes? A fim de proteger a donzela por quem estava apaixonado, Dom Quixote se atira em um moinho de vento, acreditando tratar-se de um monstro de garras destruidoras.

Assim acontece conosco. transformamos moinhos de vento, em monstros e sofremos desesperadamente tentando destruí-los . Deus olha para nós e diz: "Filho, não temas, olha para mim, tenho o controle do moinho, sei a direção do vento, descansa". Em silencioso clamor respondo: " Preenche-me Senhor, fortalece-me e guarda-me de servir a Mamon".

 Oiiii,
Hoje eu estou inquieta. Tô tentando estudar História Eclesiástica mas sabe quando não consigo sentir Deus falando comigo?
É horrível, e obstinada (pra não falar ansiosa..rs) como eu sou, eu tô aqui, buscando ouvir a voz do nosso querido Pai.
Foi quando me deparei na net com um texto que me fez lembrar da pregação que eu fiz semana passada pra MCA. Como a pregação já estava no computador, vou repassar a vcs. No próximo post, continuo no tema, porém com um texto do blog que vou citar, daí fica uma continuidade.
Acho que Deus quer mesmo me tratar nessa área...rs
Bjs, espero que gostem e sejam edificados!!
Ps. Para montar esse texto, muitas passagens foram tiradas do livro "Aliviando a Bagagem" de Max Lucado.
A ANSIEDADE DO HOMEM RESULTA DA FALTA DE FÉ
O Salmo 23 é um cântico de confiança em Deus; são palavras proferidas por um crente que conhece e confia no SENHOR. Salmo 23 é uma confissão de fé do crente que deposita sua confiança no cuidado e na proteção de Deus. No salmo 23, o salmista usou duas figuras para expressar sua atitude de confiança em Deus: 1 - A figura do pastor que concede repouso, proteção, direção e consolo para o rebanho que está sob os seus cuidados (v.1-4); 2 - A figura de um anfitrião que recebe com honra um hóspede em sua casa, oferecendo-lhe um grande banquete e ungindo-o com óleo (v.5,6). Ambas as figuras, além de expressar a confiança do salmista, evidenciam o cuidado e a bondade de Deus para com aqueles que lhe pertencem e nele confiam.
No entanto, já de início lemos que o Senhor é meu pastor.
Concluímos então que, para que Ele seja nosso pastor, primeiramente tem que ser nosso Senhor e, nós, precisamos estar dispostos a termos a docilidade e mansidão das ovelhas.
A ansiedade do homem é resultado de um coração que não está totalmente confiando em Deus, quando confiamos, podemos dizer como Davi, “O Senhor é meu Pastor e nada me faltará”
A Palavra nos adverte que nossas inquietações de nada adiantam. Jesus indagou: "E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, acrescentar um côvado à sua estatura?" (Mt 6.27). No entanto, nós humanos gostamos de fazer as coisas do nosso modo.
Esqueça o modo fácil. Esqueça o modo comum. Esqueça o modo melhor. Esqueça o modo de Deus. Queremos fazer as coisas do nosso jeito.
Por muito tempo eu achei que Deus se alegraria em ver meu esforço por fazer, realizar, tentar. Hoje, tenho dúvidas disso.
E, de acordo com a Bíblia, é exatamente este o nosso problema. "Todos nós andamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu próprio caminho" (Is 53.6).
Você não pensaria que ovelhas são obstinadas. De todos os animais de Deus, a ovelha é a menos capaz de cuidar de si própria.
Ovelhas são tolas! Você já conheceu um treinador de ovelhas?
Já viu ovelhas fazerem truques? Conhece alguém que ensinou sua ovelha a dar cambalhotas? Já assistiu a um show de circo apresentando "Mazadon e sua ovelha saltadora"? Não. Ovelhas são simplesmente tolas demais.
E indefesas. Elas não possuem presas ou garras. Elas não podem mordê-lo nem correr mais que você.
Além do mais, as ovelhas são sujas. Um gato pode limpar-se. Um cachorro também. Vemos pássaros no banho e ursos no rio.
Mas ovelhas? Elas se sujam e ficam assim mesmo.
Davi não poderia ter pensado numa metáfora melhor?
Claro que podia. Afinal, ele superou Saul e venceu Golias. Por que ele não escolheu outra coisa que não ovelha?
Como, por exemplo:
"O Senhor é o meu comandante-chefe, e eu sou o seu soldado". Viu só? Preferimos isto. Um soldado ganha um uniforme e uma arma, talvez até uma medalha.
Ou, "O Senhor é a minha inspiração, e eu sou o seu cantor".
Estamos no coral de Deus; que atribuição lisonjeira.
Ou, "O Senhor é o meu rei, e eu sou o seu embaixador".
Quem não gostaria de ser um porta-voz de Deus?
Todos param quando o embaixador fala. Todos escutam quando o menestrel de Deus canta. Todos aplaudem quando o soldado de Deus passa.
Entretanto, quem percebe quando a ovelha de Deus aparece? Quem nota quando a ovelha canta, fala, ou atua?
Apenas uma pessoa percebe. O pastor. E para Davi, é precisamente este o ponto principal.
Quando Davi, que era um soldado, um menestrel e um embaixador de Deus, buscou uma ilustração de Deus, veio-lhe à mente os seus dias como pastor. Recordou-se de como dispensava atenção às ovelhas dia e noite. Ele dormia com elas e por elas velava.
E o modo como ele cuidava das ovelhas lembrou-lhe o modo como Deus cuida de nós. Davi regozijou-se ao dizer:
"O Senhor é o meu Pastor", e ao fazê-lo, orgulhosamente deu a entender, "Eu sou sua ovelha".
Ainda se sente desconfortável em ser uma ovelha? Você condescenderia comigo e faria um teste oral simples? Veja se você possui autoconfiança. Levante a mão se alguma das seguintes declarações descrevem você.
Você pode controlar o seu ânimo. Você nunca fica amuado ou mau-humorado. Você não pode relacionar-se com o Sr. Pessimista e a Deprimida. Você está sempre otimista e aprumado. Isto descreve você? Não? Bem, vamos tentar novamente.
Você vive em paz com todos. Todos os relacionamentos são doces e saudáveis. Até seu antigo namorado (namorada) fala bem de você. Você ama a todos e é amado por t todos.
Este é você? Se não, que tal esta descrição?
Você não tem temores. Você é chamado de Teflon valente.
Wall Street afundou - não tem problema. A saúde precária do coração é descoberta - bocejo. Começa a terceira guerra mundial - o que tem para o jantar? Isto descreve você?
Você não precisa de perdão. Nunca fez nada errado. É totalmente honesto. Tão limpo quanto a cozinha da vovó.
Nunca trapaceou, nunca mentiu, nunca mentiu sobre trapacear.
Este é você? Não?
Vamos avaliar isto. Você não pode controlar o seu ânimo. Alguns de seus relacionamentos são instáveis. Você tem temores e faltas. Hmmm. Você quer realmente estufar o peito de autoconfiança? Parece-me que você poderia utilizar um pastor. Caso contrário, você poderá terminar com um Salmo 23 como este:
Eu sou o meu próprio pastor; estou sempre em necessidade.
Eu cambaleio de shopping em shopping, de psiquiatra em psiquiatria, buscando alívio mas nunca o encontro.
Eu me arrasto pelo vale da sombra da morte e caio em pedaços.
Eu temo qualquer coisa, desde pesticidas a fio elétrico, e estou começando a agir como a minha mãe.
Vou às reuniões semanais do grupo e acho-me cercado de inimigos.
Vou para casa, e até peixe-dourado me faz carranca.
Unjo a minha cabeça com uma dose extra de Tilenol.
E o aquário do meu peixinho transborda.
Certamente que a miséria e o infortúnio me seguirão, e eu viverei em autodesconfiança pelo resto de minha vida solitária.

Por que será que aquele que mais precisa de um pastor, mais o resiste?
Você está esperando que uma mudança nas circunstâncias traga mudança à sua atitude? Se assim é, você está na prisão, e precisa conhecer um segredo sobre viajar sem bagagem. O que você tem no seu pastor é maior do que o que você não tem na vida.
Apenas uma outra criatura tem tantos problemas quanto nós, sobre o descanso. Não os cachorros. Eles cochilam. Não os ursos. Eles hibernam. Os gatos inventaram a soneca, e o bicho preguiça descansa vinte horas por dia (Então é isto o que eu era em meu segundo ano de faculdade). A maioria dos animais sabe como descansar.
Existe apenas uma exceção. Estas criaturas são lanosas, simplórias e vagarosas. Não, não são maridos em dias de sábado. Ovelhas! Ovelhas não podem dormir.
Para uma ovelha dormir, tudo precisa estar muito bem.
Nada de predadores. Nenhuma tensão no rebanho. Nenhum inseto no ar. Nenhuma fome no estômago. Tudo tem de estar perfeito.
Infelizmente, ovelhas não conseguem achar pastos seguros. Nem podem passar inseticida, lidar com os atritos, ou encontrar comida. Elas precisam de ajuda.
Precisam de um pastor que "as guie" e as ajude a "deitar-se em pastos verdes". Sem um pastor, elas não podem descansar.
Sem um pastor, nem nós podemos.
No segundo verso do Salmo 23, Davi, o poeta, torna-se Davi, o artista. Sua pena torna-se um pincel, seu pergaminho, uma tela, e as suas palavras pintam um quadro. Um rebanho de ovelhas deitadas sobre as patas, rodeando um pastor. Os ventres aninhados na grama alta.
Uma lagoa quieta de um lado, o pastor vigilante do outro.
Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranqüilas" (Sl 23.2).
Atente para os dois pronomes ocultos antes do verbo.
Ele deitar-me faz... Ele guia-me...
Quem é o ativo? Quem está no comando? O pastor. O pastor escolhe a trilha e prepara a pastagem. O trabalho da ovelha - nosso trabalho - é olhar para o pastor. Com os olhos em nosso Pastor, seremos capazes de tirar uma soneca.
"Tu conservarás em paz aquele cuja mente está firme em ti" (Is 26.3).
O arco não pode estar sempre tenso sem temer quebrar.
Para um campo produzir frutos, ele deve ocasionalmente descansar sem cultivo. E para que você seja saudável, deve descansar. Diminua o ritmo, e Deus curará você. Ele trará descanso à sua mente, ao seu corpo, e, acima de tudo, à sua alma. Ele conduzirá você por verdes pastos.
Pastagens verdes não eram o relevo natural da Judéia.
Os montes à volta de Belém, onde Davi guardava o seu rebanho, não eram verdes e viçosos. Ainda hoje, eles são pálidos e tostados. Qualquer pasto verde na Judéia é trabalho de algum pastor. Ele limpou o terreno tosco e rochoso. Os tocos foram arrastados, e os galhos, queimados. Irrigação. Cultivo. Assim é o trabalho de um pastor.
Portanto, quando Davi diz: "Deitar-me faz em verdes pastos", está dizendo: "Meu pastor me faz deitar em seu trabalho terminado". Com suas próprias mãos furadas, Jesus criou um pasto para a alma. Ele arrancou a espinhosa vegetação rasteira da condenação. Desprendeu o imenso seixo de pecado. Em seu lugar, Ele plantou sementes de graça e cavou tanques de misericórdia.
E Ele nos convida a descansar lá. Pode você imaginar a satisfação no coração do pastor quando, com o trabalho terminado, vê suas ovelhas descansar no gramado tenro?

Pensemos nisso queridos,
Bjs no coração!!!